22/01/2016

Geraldo Alckmin anuncia José Renato Nalini para Educação

O governador agradeceu o trabalho do professor Herman Voorwald e da professora Cleide Bochixio, que respondeu pela Secretaria da Educação nos últimos meses.

O governador Geraldo Alckmin anunciou hoje (22/1) o desembargador e professor universitário José Renato Nalini para a Secretaria de Estado da Educação. O anúncio foi feito em Santo Anastácio, região de Presidente Prudente, onde o governador cumpre agenda.

“O professor Nalini tem espírito público e é extremamente interessado nas questões da educação. É um homem do diálogo, da cultura, da Academia Paulista de Letras. Temos absoluta confiança de que vamos dar um grande passo para melhorar ainda mais a qualidade da escola pública de São Paulo em benefício dos nossos alunos”, afirmou Alckmin nesta manhã. O governador agradeceu o trabalho do professor Herman Voorwald e da professora Cleide Bochixio, que respondeu pela Secretaria da Educação nos últimos meses.

Nalini foi até o ano passado presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Formado em Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade de Direito da PUC-Campinas, é mestre e doutor em Direito Constitucional pela Faculdade de Direito da USP.

Professor Nalini leciona desde 1969, quando começou no Instituto de Educação Experimental Jundiaí (atual E.E. Bispo Dom Gabriel Paulino Bueno Couto) dando aula de Sociologia em aperfeiçoamento para professores. Desde então, nunca mais deixou de dar aulas, como na Escola de Educação Física de Jundiaí, Faculdade de Engenharia de Barretos, Faculdades de Direito da PUC-Campinas, USP, Padre Anchieta, FAAP e Uninove.

É ainda especialista em formação, preparo, educação e seleção de juízes, tendo colaborado com a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados.

Nascido em Jundiaí (SP), trabalhou em diversas regiões do Estado em sua área de atuação. Foi promotor de Justiça em Votuporanga, Itu, São Paulo e Ubatuba antes de ingressar na magistratura. Como juiz, trabalhou em Barretos, Monte Azul Paulista, Itu, Jundiaí e São Paulo. Também foi juiz corregedor da Corregedoria Geral de Justiça do Estado.

Durante sua presidência no TJ-SP, Nalini fez parcerias importantes com o Governo do Estado de São Paulo, entre elas a que estabeleceu as audiências de custódia, que consistem na garantia da rápida apresentação do preso a um juiz nos casos de prisões em flagrante. O desembargador também foi responsável pela modernização do Judiciário paulista, através da informatização de procedimentos.

Ex-presidente da Academia Paulista de Letras, o novo secretário integra a Academia Paulista de Educação e a Academia Brasileira de Educação. É autor de livros como “Por que Filosofia?”, “Direitos que a Cidade Esqueceu”, “Pronto para Partir? Reflexões Jurídico-Filosóficas sobre a Morte”, “Recrutamento e Preparo de Magistrados”, “O Juiz e o Acesso à Justiça”, “Constituição e Estado Democrático”, “Ética e Justiça”, “Ética Geral e Profissional” e “Ética Ambiental”.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Governo do Estado de SP 

Comente essa notícia

Comentários (0)